24 de fev de 2014

Trote. Brincadeira ou idiotice ?


Isto é brincadeira ?! Ah, não fode !


E aí, marujos ! Nas últimas semanas, indo à faculdade, não tive como não perceber os trotes. Todo início de período e a mesma babaquice ! Quem faz trote só pode ter merda na cabeça algum problema mental ! Há vários idiotas muita gente que diz que trote é uma brincadeira saudável...

Nunca participei de trote (nem como autor nem como vítima). E é essa porra não pode ser classificada como brincadeira! Mas... fazer o quê ? Isso tudo me fez lembrar de um texto que escrevi há vários anos (quase 10). Confira:  

Todo início de período é a mesma coisa. Alguns potros xucros veteranos resolvem "tributar", expondo ao ridículo, calouros que nada lhes fizeram. 

Fazem tal coisa por prazer, para que os outros vejam que são grandes corcéis. Em resumo, o fazem por maldade, por perversidade, fazem de sacanagem mesmo. 

Como bons cavalos selvagens, usam a sua velocidade e o elemento surpresa, para atacar sua(s) vítima(s) em cavalhada(em grupo). O ataque é rápido e eficaz, indefensável. Já chegam cercando a(s) vítima(s) e intimidando-a(s) batendo os cascos no chão e relinchando e, à base de coices, obrigam-na(s) a fazer coisas ridículas pondo-a(s) em situações constrangedoras. Enfim, desmoralizam-na(s) na frente de todos. Ao terminar a barbárie, a cavalhada relincha triunfante arranhando as ferraduras no chão.

Que beleza de trote ! 
Esta asneira é vista, infelizmente, ainda por muitos (até mesmo dentro das instituições de ensino) como uma brincadeira. Mas pelo menos uma coisa essa boçalidade tem certa: o nome que possui. 

Afinal quem trota é necessariamente um mamífero, ungulado, equino e irracional. Ou seja, um cavalo, uma mula ou coisa que o valha ! E como tal, só compreende a doce e sutil linguagem do chicote, dos arreios e da esporas. Além da natural vocação para servir de montaria, puxar carroças, arados, pastar, dormir em baias...







Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ô, manolo !
Faça comentários relativos ao post. Ok?