27 de fev de 2014

Como abaixar, de verdade, o valor das passagens !

Assim não adianta nada !



E aí, marujos ! No ano passado teve aquela patacoada toda de "MPL", "Não é por R$ 0,20 !". manifestações "espontâneas", o "Gigante acordou !", etc. A parada de abaixar as passagens só adiou o aumento. Não adiantou nada ! E não ia adiantar mesmo. Nunca. Foi feita e pensada pra não adiantar nada, mas enfim, isso é outro assunto. 

Em relação as passagens, existe uma forma realmente eficiente de fazer o preço das mesmas abaixarem. Basta fazer o contrário do que os esquerdopatas do "MPL" querem ! Como, por exemplo, acabar com passe livre.

Algumas ações bem úteis a queda das tarifas.

- Desregulamentar o transporte público. Cada empresa põe o preço que quiser. Podendo também alterar o trajeto das linhas.

- Permitir que qualquer proprietário de veículo (seja físico ou jurídico) possa cobrar para transportar pessoas. Na prática isso tiraria da ilegalidade donos de vans e kombis, quem faz "carona solidária".

- Permitir que qualquer empresa opere qualquer linha. Como as tarifas seriam variáveis, isso faria as empresas comerem uma o fígado da outra ! O que seria ótimo ! Pois as empresas teriam de competir pelo usuário. O usuário, por sua vez, poderia escolher a empresa que lhe fosse mais conveniente.

- "PLR" para os rodoviários. Dividir parte dos lucros com os rodoviários seria um estímulo fantástico para os motoristas e cobradores. A satisfação deles ia aumentar e a qualidade do serviço também.

- Carona solidária. Uma pessoa levando três colegas para o trabalho, já tira 3 carros da rua. Ou tira 3 pessoas do transporte público. E pode ser também um bom incremento a renda do motorista.

- Acabar definitivamente com passe livre. Não existe almoço de graça ! O passe livre é pago pelo Estado. Se as empresas competissem entre si o preço tenderia a cair e/ou se manter baixo. Não haveria sentido na manutenção disso.

São apenas algumas coisas que realmente fariam o valor das passagens baixarem. Essas ideias esquerdosas, socialistas defendidas pelos camaradas do "MPL", postas em prática, só piorariam as coisas. O que dá certo é menos Estado e não o contrário.

Mais sobre:

http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1618
http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/zaznu-o-app-de-caronas-que-quer-concorrer-com-taxis?page=1
http://www.libertarianismo.org/index.php/artigos/lima-e-a-descentralizacao-do-transporte-coletivo/
http://www.libertarianismo.org/index.php/artigos/opiniao-transporte-coletivo/




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ô, manolo !
Faça comentários relativos ao post. Ok?