7 de out de 2006

34 MEMBROS DA AL QAEDA MORTOS POR GRUPO TRIBAL IRAQUIANO

Uma aliança tribal que combate os membros da rede terrorista Al-Qaeda na província ocidental iraquiana de Al-Anbar anunciou, neste sábado, ter matado 34 rebeldes e recebeu uma felicitação do primeiro-ministro, Nuri al-Maliki.

Durante os últimos dez dias, os membros de um grupo tribal conhecido pelo nome de "Acorda, Anbar" perseguiu os integrantes da Al-Qaeda pelo deserto da província, com a aprovação do governo e o acordo tácito das forças americanas.

"Os membros das tribos mataram 34 rebeldes, a maioria estrangeiros, durante os últimos dias" explicou à AFP o chefe da tribo, Abu Richa, e o presidente do conselho tribal da província de Anbar, o xeque Abdel Sattar Baziya.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ô, manolo !
Faça comentários relativos ao post. Ok?