16 de set de 2006

Rapaz cai do vigésimo-quinto andar e sobrevive

São Paulo – Um rapaz de 19 anos sobreviveu ontem a uma explosão em um andaime que estava na altura do 25.º andar de um prédio no bairro do Morumbi (zona oeste de SP). Ele conseguiu se salvar descendo por uma corda até o 7.º andar, quando caiu de uma altura de 25 metros. No acidente, um operário morreu e outros dois ficaram feridos.

A explosão, segundo testemunhas, teve início quando o operário José Roberto da Conceição Santos, 36, acendeu um cigarro no andaime, onde havia latas do produto inflamável tíner. Ele caiu de uma altura de 86 metros e morreu.

Santos trabalhava em um andaime com outro operário. Com a explosão, esse segundo funcionário, também em chamas, decidiu pular até o outro andaime, mais abaixo, onde estavam dois funcionários e mais latas de material inflamável.

Um novo incêndio então teve início, atingindo os dois funcionários e tomando conta das paredes externas do prédio. Os quatro funcionários faziam o serviço de impermeabilização do edifício.

De acordo com testemunhas, a brigada de incêndio foi acionada para socorrer as vítimas e, da cobertura do prédio, controlou o fogo com extintores. Cordas foram jogadas até o andaime, resgatando Gildete Cunha Fagundes, 23, e Sebastião Fabiano Nunes, 48.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ô, manolo !
Faça comentários relativos ao post. Ok?