27 de set de 2010

Tinta de porra ou porra de tinta ?

O, manolo, se liga ! O historiador inglês Keith Jeffery, escreveu um livro sobre os primeiros anos do MI6. O Serviço Secreto inglês. Em sua pesquisa ele descobriu um estudo sobre uma tinta invisível a base de esperma. É, manolo!
Em 1915, o representante do MI6, na França, Walter Kirke, escreveu que o chefe da agência estaria fazendo estudos sobre uma tinta invisível, na Universidade de Londres.
Kirke escreveu que o chefe da agência descobrira que porra esperma era a melhor tinta invisível. Pois não aparecia em nenhum teste. Na época, claro. Além da vantajem de ser disponível para todos os agentes que não fossem brochas.
Os estudos de Jeffery também revelaram que o cientista descobridor da "tinta". Se desligou do departamento por ser zoado pelos colegas (por que será que zoavam o cara? kkkkkk). Outra coisa foi o fato de um dos agentes descobrir que tinha que tocar punheta várias vezes de ter tinta "fresca" sempre, para evitar problemas com o material. Agora vejam, tinta de esperma! Esses ingleses, hein!



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ô, manolo !
Faça comentários relativos ao post. Ok?