24 de set de 2006

Pesquisa IBOPE

Pesquisa de intenção de voto publicada na edição de domingo do jornal O Estado de S.Paulo que chegou às bancas neste sábado mostra o presidente e candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva com 47 por cento das intenções de voto contra 33 por cento do candidato tucano Geraldo Alckmin.

No levantamento anterior, divulgado em 21 de setembro, Lula tinha 49 por cento da preferência do eleitor e Alckmin, 30 por cento.

Em eventual segundo turno, Lula venceria Alckmin com 50 por cento das intenções de voto contra 41 por cento do tucano. No dia 21, a pesquisa mostrava Lula com 52 por cento contra 37 por cento de Alckmin.

Se forem considerados apenas os votos válidos (sem nulos e indecisos), Lula tem agora 52 por cento contra 48 por cento dos demais candidatos.

Já a soma das intenções de voto nos demais candidatos é de 44 por cento, três pontos percentuais a menos que a intenção de voto em Lula. Na pesquisa anterior, a vantagem de Lula era de 7 pontos percentuais.

A senadora Heloísa Helena (PSOL) oscilou de 9 por cento das intenções de voto na pesquisa anterior para 8 por cento. Já Cristovam Buarque (PDT) manteve 2 por cento da preferência.

A avaliação do governo não sofreu, no entanto, alterações significativas. A avaliação positiva (ótimo+bom) continua sendo de 43 por cento, e a avaliação negativa (ruim+péssimo) oscilou de 19 para 20 por cento.

A aprovação do desempenho do presidente teve ligeira oscilação. Os que aprovam Lula são agora 56 por cento ante 58 por cento na pesquisa anterior, e os que desaprovam são 37 por cento ante 36 por cento no dia 21 de setembro.

O levantamento foi feito entre os dias 20 e 22 e ouviu 2.002 pessoas, em 141 cidades do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

(Por Márcia Detoni)

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ô, manolo !
Faça comentários relativos ao post. Ok?